A Importância da Avaliação Genética na Escolha de Touros Reprodutores na Pecuária

Pecuaristas comprovam evolução animal em Tocantins
7 de julho de 2023
Estratégias Essenciais na Pecuária em Tempos de Crise: O Papel Vital do Investimento em Tecnologia, incluindo Touros Nelore PO
25 de setembro de 2023

Na pecuária moderna, a busca por melhorias na produção e qualidade do rebanho é constante. Uma ferramenta essencial nesse processo é a avaliação genética de touros reprodutores. Neste artigo, vamos explorar por que essa prática desempenha um papel crucial no sucesso da pecuária, usando como exemplo a característica do “peso à desmama”.

1. Melhoria da Produção e Produtividade

O peso à desmama é um fator crítico na produção de carne bovina. Touros com alta avaliação genética para essa característica têm uma probabilidade maior de gerar bezerros que ganham peso de forma mais eficiente durante a amamentação. Isso resulta em bezerros mais pesados, mais valiosos no mercado e, portanto, em maior rentabilidade para o produtor.

2. Eficiência nos Recursos

A seleção de touros com base em avaliações genéticas economiza tempo e recursos. Evita-se criar animais que não atendem aos padrões desejados, garantindo que os recursos sejam direcionados para animais com maior potencial de desempenho.

3. Melhoria Genética Contínua

A escolha criteriosa de touros com boas avaliações genéticas contribui para a melhoria genética do rebanho ao longo das gerações. Isso significa que o rebanho apresentará um desempenho cada vez melhor em características desejadas, como ganho de peso, conformação e resistência a doenças.

4. Valorização do Produto Final

Bezerros mais pesados à desmama têm um potencial de crescimento maior, o que aumenta seu valor de mercado. Isso beneficia o produtor ao obter um retorno financeiro superior.

5. Competitividade no Mercado

Touros com boa avaliação genética tornam o rebanho mais competitivo no mercado. Animais de alta qualidade genética são mais valorizados pelos compradores, o que pode aumentar as oportunidades de venda e a reputação do produtor.

6. Sustentabilidade da Pecuária

A seleção baseada em avaliações genéticas pode contribuir para uma pecuária mais sustentável. Animais geneticamente superiores podem requerer menos recursos, tornando a produção de carne mais eficiente e reduzindo seu impacto ambiental.

Em resumo, a escolha de touros com avaliação genética é fundamental para aprimorar a eficiência, a produtividade e a qualidade do rebanho bovino. A característica do peso à desmama é apenas um exemplo, mas essa abordagem se aplica a várias outras características importantes na pecuária. A seleção com base em avaliações genéticas é uma ferramenta valiosa para orientar o melhoramento genético e garantir o sucesso na pecuária moderna.

Fonte: Alexandre Bispo

Economista/ Pecuarista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − seis =

ATENDIMENTO VIA WHATSAPP
Enviar Whatsapp